A Alemanha possui excelentes conexões entre as cidades, seja de trem ou pelas velozes Autobahnen. Tudo isso facilita muito para visitar outras regiões e fazer aquele famoso bate-volta entre cidades no mesmo dia. A Go Easy Berlin possui roteiros para diversos locais próximas à Berlim, de forma que você possa explorar e aproveitar sua viagem da melhor forma.

É possível visitar a cidade desejada com guias particulares que falam português, que organizarão toda sua viagem! A nossa equipe se responsabilizará em reservar as passagens de trem ou ônibus, as entradas para as principais atrações turísticas e estará pronta para lhe apresentar as riquezas desta região! Para solicitar um orçamento, basta preencher o formulário abaixo.

Excursões guiadas | Privadas

Potsdam, capital do estado de Brandemburgo, é uma cidade vizinha à Berlim, uma preciosidade que reúne uma arquitetura belíssima, muita história e o acesso pode ser feito em menos de 30 minutos saindo do centro de Berlim. Felizmente a cidade não foi tão castigada durante as guerras, o que lhe garantiu a preservação de lindos palácios do período prussiano.

A cidade é famosa, entre tantas atrações, pela faculdade de cinema de Babelsberg, de onde saíram grandes produções do cinema alemão. O palácio de Sanssouci do rei Friedrich II, o Grande, é um dos principais cartões postais. A cidade foi estrategicamente utilizada durante o pós-guerra pelo governo soviético, de forma que Vladimir Putin, atual presidente da Rússia, trabalhou por um tempo em Potsdam como agente da KGB.

Potsdam também possui vários lagos, que lotam durante os meses mais quentes do ano. O centro antigo parece uma vila de interior, muito calmo, com pequenas vendas e restaurantes, além de uma bela igreja e o seu próprio Portão. Para quem visita Berlim por mais do que 4 dias, vale muito a pena incluí-la no roteiro.

A cidade de Leipzig é rica em história e possui uma energia bastante jovem, fundamentada pela presença dos universitários que estudam por lá. Leipzig teve grande importância na história que acarretou na Reunificação Alemã, em 1990, pois diversos movimentos contra o governo comunista ocorreram à partir de outubro de 1989 e tiveram relação direta com a queda do Muro de Berlim.

A cidade também é um importante centro para a música, isso por que durante o século XIX músicos ilustres como Johann Sebastian Bach, Robert Schumann e Richard Wagner passaram por lá. Na frente da Igreja de St. Thomas fica um dos cartões postais da cidade, que é uma estátua em homenagem a Bach, que enquanto vivo tocava nas celebrações religiosas.

Outro destaque de Leipzig é uma catedral, que foi destruída durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial – assim como mais de 60% da estrutura urbana da cidade, incorporada posteriormente pelo prédio da Universidade de Leipzig em um estilo moderno. Sua distância de Berlim é de um pouco mais de 1h de trem ou aproximadamente 2h30min de ônibus.

A famosa cidade portuária do norte da Alemanha é a segunda maior do país. O nome Hamburgo reflete sua história como membro da Liga Hanseática medieval, quando era uma Cidade Imperial Livre do Sacro Império Romano, equivalente a uma Cidade-Estado. Antes da Unificação Alemã, em 1871, a cidade era uma entidade política plenamente soberana.

Dada a sua importância a cidade possui um dos custos de vida mais altos do país. Uma caminhada pelo porto é indispensável. Os muitos canais de Hamburgo são cruzados por mais de 2.500 pontes, mais do que Amsterdam e Veneza somadas! Aliás, Hamburgo tem mais pontes em seu perímetro urbano que qualquer outra cidade no mundo. As pontes Köhlbrandbrücke, Freihafen Elbbrücken e Lombardsbrücke são importantes vias de tráfego.

De Berlim a Hamburg leva-se aproximadamente 2h de trem ou 3h de ônibus. Para quem quer provar da culinária portuguesa - isso mesmo, de Portugal! - existe um bairro com vários restaurantes regionais muito bons na cidade. Quem quiser provar, o acesso mais fácil de metrô é pelo U-Bahn Baumwall.

A pequena e simpática Quedlinburg fica no distrito de Harz, região onde são celebradas as famosas festas das bruxas, realizadas no início da primavera. O centro histórico da cidade é um dos mais antigos da Alemanha, sendo considerado um Patrimônio Cultural Mundial. Os habitantes locais afirmam que a cidade possui a casa mais antiga do país.

Sua arquitetura bem conservada com casinhas típicas alemãs atrai muitos turistas, que buscam visitar esta relíquia não tão explorada pelos que vem ao país. A visita pode ser feita por um trem especial que sai de Berlim em poucos horários na semana. Um fato curioso é que este trem, que possui dois vagões, se desprende no meio do caminho e toma dois rumos diferentes. Por isso fique atento se você está no vagão correto!  O trecho leva por volta de 3h.

A pérola dourada do Elba, Dresden é certamente uma das cidades mais belas de toda a Alemanha. Extremamente bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial, hoje a cidade, apesar de reconstruída e esplêndida, ainda mostra suas cicatrizes deste período tão triste da história.

Dresden também tem regiões mais descoladas e modernas, que se assemelham aos bairros de Kreuzberg e Neukölln em Berlim. Um desses bairros é o Neustadt, onde existem diversas opções de bares e restaurantes, nos quais você pode se reunir com seus amigos e aproveitar o clima descontraído e hipster do lugar, bem diferente da região central antiga, onde se aglomeram grande parte dos turistas.

Dresden fica a aproximadamente 2 horas de distância de Berlim de ônibus ou de trem. A cidade também é uma parada imperdível para quem faz o trecho Berlim – Praga, pois além de dar uma pausa na sua viagem, você ainda pode visitar esta maravilhosa cidade.

...
Carregando