Aprendendo alemão com a Oktoberfest de Blumenau
10 de outubro de 2017
Também quero ser um DJ em Berlim
16 de outubro de 2017

Há muitos boatos de que a “Berlin cool” dos anos 90 já não existe mais. De fato, as coisas mudaram por aqui, mas se há algum lugar onde este estilo berlinense ainda é sentido na sua essência é F-Hain. F-Hain, a abreviação para o distrito de Friedrichshain, pode ser considerado como um polo cultural da cidade.

O bairro pertencia à antiga Alemanha Oriental e isso ainda é muito perceptível na sua arquitetura, que notoriamente vem sofrendo várias influências modernas em virtudes de grandes investimentos na região das margens do Spree. Toda esta gentrificação tem gerado muita polêmica no bairro e isso é também refletido na arte, como já mencionamos na nossa matéria sobre o grafite em Berlim.

Entre as principais atrações da região, temos a Oberbaumbrücke, considerada por muitos a mais bela ponte da cidade. O trecho mais famoso do muro, conhecido como East Side Gallery, também fica no distrito. O Volkspark Friedrichshain é o parque mais disputado da área e no verão conta com cinemas ao ar livre, chamados em alemão de Freiluftkinos. Outra atividade que merece destaque durante o verão é o Badeschiff, piscina pública localizada literalmente dentro do rio Spree!

Claro que não podemos deixar de mencionar que algumas das melhores baladas da cidade estão localizadas aqui. Começando pelo Berghain, que é o clube mais famoso da cidade e digno do título de a melhor casa noturna da Europa. A casa também é conhecida por barrar muitas pessoas da fila que vem para suas festas. Outro clube que merece destaque é o Salon zur wilden Renate, que representa bastante este estilo de festa alternativo berlinense. As festas acontecem em um cenário incrível de uma casa com vários cômodos e móveis espalhados no seu interior, somado a um labirinto na área de fora do clube que surpreende seus visitantes. Na entrada, logo após o controle dos seguranças, existe uma cabine de fotos com um telefone que te conecta com outras pessoas da festa, uma experiência no mínimo curiosa. O estilo de música é o eletrônico e seu público fiel é composto basicamente por jovens locais e turistas.

Não só é de festa que vive o bairro, também temos diversas atividades como feiras ao ar livre, mercados de pulga e até escalada em um dos galpões da Revaler Str., excelentes opções de restaurantes espalhados pela Simon-Dach-Str., além de escolas de alemão, como a Sprachenatelier.

O bairro multicultural de F-Hain enfim permite que seus moradores e frequentadores hajam em sua essência, de forma aberta e respeitando sua diversidade. Uma das cenas mais libertadoras do bairro é cruzar a ponte de Warschauer Str. e observar o Fernsehturm ao fundo. De fato, uma visão épica para aqueles que consideram Berlim a sua casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *